domingo, 28 de agosto de 2011

PRENÚNCIO DE ARDOR


Estou a repensar... Cada instante sinto
O labirinto de meu ser num mar
Revolto. Receio te desejar
Qual louco preso pelo teu instinto...

Adentro, incoercível, o recinto
De tua alma, onde cedes teu vagar,
E em que pressinto o solto sussurrar
De teu amor a despir meu verso tinto...

Prenúncio de ardor. O meu corpo arde!
Suave é teu sorrir, teus olhos ardentes...
Um fogo fugaz freme o firmamento!

Sedento refugio até os ventos...
Carvalho vigoroso sou carente,
Sândalo tu és... perfumando as tardes!

Gigio Jr (Canções-2008)

Um comentário:

VILMA PIVA disse...

Olá Gigio, cada vez que te leio me sinto em poesia.Um verdadeiro deleite para alma e coração. Bjs. Vilma

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...